sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Abertura do filme Lobo Guará o protetor do cerrado

 
Pra quem ainda não conhece como surgiu a historia do herói Lobo Guará, essa é a abertura do filme produzido pelo cineasta e policial Cabo Fauston da Silva; música da Cabo Ludimila Carvalho com participação do Sargento João Antonio fazendo a voz do Lobo Guará.

video

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Dengue pode virar caso de polícia

Aniversário de Brasília no Zoológico

No dia 21 de abril, aniversário de Brasília, o grupo de teatro LOBO GUARÁ esteve no Zoológico para apoiar os trabalhos durante o feriado.

ST LEANDRO JOSÉ com o grupo de teatro lobo guará (todos policiais militares)

Na ocasião o grupo apresentou a peça LOBO GUARÁ CONTRA O MOSQUITO DA DENGUE. 
O espetáculo fala que dengue pode virar caso de polícia.



O SGT João Antonio do PREALG iniciou o teatro, a exemplo da imagem abaixo, realizado no bombeiro mirim do Paranoá, dizendo:

“Olha... o lixo jogado em qualquer lugar pode trazer graves conseqüências, por exemplo: quando uma rua ou esquina fica suja de lixo ela começa a ficar pouco movimentada, com isso os pichadores aproveitam que ninguém está olhando e riscam as paredes; as pessoas começam a ficar temerosas em passar naquele lugar, mas os trabalhadores são obrigados, pois do outro lado pode estar o ponto de ônibus ou o metrô, que eles tem que pegar. E os bandidos aproveitam esses lugares pouco movimentados pra esperar uma oportunidade de assaltar.”
O policial dá essa explicação pra mostrar aos freqüentadores do zoo que pequenas atitudes pode trazer graves conseqüências. E continua... aponta para o lixo no chão e diz:
“Olha quanto lixo espalhado! Esse lixo aqui pode trazer: rato, barata, mosquito e outras coisas. Não é verdade?”
As crianças falam: “Até o mosquito da dengue!”
“É verdade; por que olha só quanta água parada... O mosquito aproveita pra deixar seus filhotinhos aii; em seguida está cheio de mosquito voando e picando as pessoas. As pessoas ficam doentes e vão para o hospital. Não é verdade? Chega uma, duas, três... pessoas; e o hospital fica lotado. As pessoas começam a reclamar da demora no atendimento, chegam outros pacientes mais graves e passam na frente; começa um bate boca e logo depois, pode haver uma briga e vandalismo. E quem é camada pra resolver esse problema?
E as crianças respondem: “a POLÍCIA!”
“Viu só como a dengue pode virar caso de polícia!”


E assim a peça continua, entram os mosquitos pentelhando as crianças, mas elas chamam o GUARDIÃO LOBO GUARÁ que com o apoio delas caba com a água parada enfraquecendo os mosquitos vilões, que as ameaçam : “ Nós vamos voltar por que vocês humanos todo ano jogam lixo e deixam água parada em qualquer lugar e assim eu voltarei mais forte!”
Mas o LOBO GUARÁ pedindo o apoio das crianças diz: “Mas nós não vamos deixar! Não é mesmo criançada?” E colocam os mosquitos pra correr.

No final o lobo deu o recado: “Não joguem lixo em qualquer lugar. O local do lixo é dentro da lata de lixo. E nada de acumular saco de lixo perto de áreas verdes, porque pode passar alguém e colocar fogo; o fogo queima todo o entulho se espalhando, atinge a área verde e pode causar um grande incêndio. E quem é chamado pra apagar aquele fogo? Os bombeiros! Mas até eles apagarem, já causou um grande estrago matando plantas e animais. Os animais entram em extinção e nem aqui no Zoológico vocês vão vê-los.

O lobo então transforma todos os espectadores em guardiões ambientais e diz:

"A natureza é nosso maio patrimônio preservá-la é a nossa missão"





Polícia militar muito mais que segurança.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Visita da Polícia Militar de Sergipe



Conhecimento técnico

A Polícia Militar do Distrito Federal recebeu a visita da TEN Priscila da Polícia Militar de Sergipe nos dias 21, 22 e 23 de abril.
O intuito da visita era conhecer como funciona a parte de Educação Ambiental da Polícia Militar do Distrito Federal; e com isso adquirir informações que ajudasse a melhorar a educação ambiental na Polícia de Sergipe. Para conseguir essas informações a TEN Priscila da PMSE visitou o Batalhão de Polícia Militar Ambiental na Candangolândia e o Programa de Educação Ambiental Lobo Guará no Setor Policial Sul.
No dia 23 de abril, quarta feira, houve uma reunião com a CEL. Verônica Chefe do Centro de Polícia Comunitária e de Direitos Humanos e o ST Leandro José Coordenador do PREALG no anexo do Quartel do Comando Geral da PMDF, onde foi passado detalhes do funcionamento do Curso Guardião e do Teatro Lobo Guará. Após uma longa conversa, a TEN Priscila saiu empolgada com o que viu e esperançosa com as informações adquiridas para sua Unidade de Origem.
O Programa de Educação Ambiental Lobo Guará está de portas abertas para receber visitas de outras policias do Brasil, para troca experiências; e agradece a TEN Priscila pela visita desejando-lhe todo sucesso em sua Unidade.
A NATUREZA É NOSSO MAIOR PATRIMÔNIO, PRESERVÁ-LA É A NOSSA MISSÃO!

Polícia Militar muito mais que segurança.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Depois do Curso Guardiões
 
 



O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL LOBO GUARÁ (PrEALG ) realizou no dia 06 de dezembro de 2013, o Curso de Guardião ambiental na Escola Classe 01 de Sobradinho. 
O pai de uma aluna, que já estava encantado com todas as informações e a alegria com que a filha vinha pra casa durante os dias de curso ocorrido , ficou mais ainda, depois que a filha apareceu em casa, sorridente, usando boné, camiseta e a carteira de identidade de guardiã ambiental. Então esse pai fez uma verdadeira peregrinação para poder encontrar e conhecer a educadora do PREALG que fez com que sua filha agisse, praticasse, sonhasse com a proteção do meio ambiente ensinada pela educadora ambiental Katilene da POLÍCIA MILITAR. 
Como o pai, o senhor José Luis, não pode ir à formatura de sua filha, ele fez questão de saber quem era a policial que ensinou e motivou sua filha Laziane a exercer cidadania. O pai ligou pra escola na intenção de encontrar informações sobre a policial, e como os dados pessoais dos policiais são sigilosos, ele não obteve sucesso.
 Mas não desistiu, ligou no 190 e lá, ele conseguiu o telefone do CPCDH; ao ligar descobriu que a polícial trabalhava naquela unidade, porque é onde o PrEALG, responsável pelo curso guardiões fica. De posse dessa informação ele marcou um encontro com a policial para lhe entregar um presente: bloquinhos de anotações com a foto da filha, o herói LOBO GUARÁ e a educadora Katilene.
 
Pai:José
Filha: Laziane

quarta-feira, 12 de março de 2014

Vejam o que o trabalho de prevenção realizado pela Cabo Katilene, Educadora do PREALG teve de retorno...
Uma das guardiãs ambientais havia entregue esse versinho pra educadora; e a  poucos dias ela encontrou. E nós do PREALG resolvemos publicar.
Policia Militar muito mais que segurança.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Matéria publicada no site do uol

Declínio na população de leões, ursos e lobos prejudica áreas verdes

Kirstin Abley/Doug McLaughlin/Oregon State University

À esquerda, um leopardo, importante predador, que está em sério declínio. À direita, lobos são um dos importantes grupos de predadores que estão desaparecendo e causando danos ecológicos 
O declínio na população de animais carnívoros de grande porte, como leões, ursos e lobos, coloca em risco a preservação de áreas verdes no mundo, alerta um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Estadual do Oregon, nos Estados Unidos, e destacado pelo periódico Science nesta quinta-feira (9).
De acordo com os pesquisadores (que tiveram colaboradores em países como Austrália, Suécia e Itália) mais de 75% das 31 espécies de carnívoros de grande porte vêm experimentando declínio em suas populações.
O efeito, alertam eles, pode ser sentido "dos trópicos ao Ártico".
No estudo são citadas as regiões de Ásia, Sul e Leste da África e a Amazônia —outras partes do mundo, como a Europa Ocidental e o Leste dos Estados Unidos, já não possuem exemplares desses animais há muito tempo.
Puma e lobo em Yellowstone
Para ilustrar a importância dos grandes carnívoros na preservação de áreas verdes, os pesquisadores William Ripple e Robert Beschta documentaram o impacto que a ausência de animais como o puma (no Brasil, também chamado de suçuarana) e o lobo causou em áreas de floresta em parques nacionais dos EUA como o Yellowstone (localizado no noroeste daquele país).
De acordo com eles, uma menor presença desses carnívoros levou a um aumento na população de outros animais, como veados e alces, que por sua vez, alimentam-se da vegetação.
Com menos vegetação, não demora muito para que a área deixe de ter pássaros e mamíferos de pequeno porte, alterando o ecossistema e deteriorando a preservação do local em efeito dominó.
Estudos envolvendo outros carnívoros de grande porte, como leões, linces, dingos (espécie de lobo) e lontras-marinhas, e outros locais apontaram consequências semelhantes.




Efeitos em pró-ecologia
Para os pesquisadores, a ideia de que predadores prejudicam o meio ambiente e exterminam na totalidade peixes e outros elementos da vida selvagem é ultrapassada.
"Nós estamos perdendo nossos grandes carnívoros em âmbito mundial. Muitos estão em perigo", disse Ripple, na divulgação do estudo. "Suas populações estão colapsando. Muitos desses animais já estão em vias de extinção, seja local ou globalmente. E, ironicamente, é agora, em meio a seu desaparecimento, que estamos aprendendo sobre a importância de seus efeitos em prol da ecologia."
A dupla de pesquisadores, em parceria com outros cientistas de nações europeias, pedem que uma iniciativa internacional seja criada pela ONG Large Carnivore Initiative for Europe, de forma a permitir a conservação desses animais em coexistência com o homem.

Do UOL, em São Paulo
10/01/2014         17h10

Maiores informações sobre animais em extinção e curiosidades veja no site abaixo

http://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2014/01/10/declinio-na-populacao-de-leoes-ursos-e-lobos-prejudica-areas-verdes.htm 

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

2013 um ano de muitas atividades


       
Retrospectiva 2013




O ano de 2013 foi cheio de atividades para os integrantes do Lobo Guará. Eles começaram fazendo o Curso de Educadores do PROERD; fizeram o curta metragem Lobo Guará o Protetor do Cerrado; enviaram três representantes para participarem da “X Conferência Nacional do Meio Ambiente” em Poços de Caldas-MG; foram convidados para participar da Sessão Solene em homenagem ao Dia mundial do Meio Ambiente na Câmara dos Deputados;
participaram das 24 horas de limpeza do lago Paranoá; criaram novas peças “Lobo Guará contra o Mosquito da Dengue” e “Carona indesejável” comemoram o 10º aniversário do LOBO GUARÁ com o lançamento do filme e uma das novas peças; 
inovaram apresentando a peça de forma inclusiva para crianças com deficiência visual; quadruplicaram o número de alunos formados guardiões ambientais. 
Mas, o mais importante é que conseguiram tudo isso por causa da confiança da população do Distrito Federal em ser parceira e convidá-los para executar todos esses trabalhos de prevenção a crimes ambientais.


Devido a tudo isso, o Centro de Polícia Comunitária e Direitos Humanos da Polícia Militar do Distrito Federal, torna público as ações desenvolvidas pelo Programa de Educação Ambiental Lobo Guará (PREALG) no ano de 2013, o qual é desenvolvido de duas formas, a saber:

O Teatro Lobo Guará  foi criado em 2003, mas só iniciou seus trabalhos oficialmente registrados em 17 de março de 2004. Desde então foram realizadas aproximadamente 969 (novecentos e sessenta e nove) apresentações teatrais nos mais diversos palcos: em eventos e em escolas públicas e particulares do Distrito Federal. Desde sua criação até o dia 17 de dezembro de 2013, já atendeu a um público de 206.192 (Duzentos e seis mil cento e noventa e dois) espectadores entre crianças e adultos; sendo que quase a totalidade eram crianças.
Já o Curso de Guardiões Ambientais foi criado em 2011, inaugurando uma nova fase ao Programa,  pois observou-se a necessidade de passar mais tempo com os alunos do 4º e/ou 5º ano do Ensino Fundamental, com o intuito de consolidar os ensinamentos preservacionistas e de prevenção aos crimes ambientais e proporcionar atividades que levarão o aluno a pensar, refletir, a questionar, a criar, permitindo novos desafios e novas experiências com a preservação e conservação do meio ambiente sustentável e de qualidade para as gerações presentes e futuras.
Com um cronograma de 13 horas aulas, assim distribuídas: 09 horas aulas expositivas (englobando atividades extraclasse e diversificadas) 02 horas aulas práticas (passeio à uma área ecológica) 01 hora aula apresentação da Peça Teatral do Programa e 01 hora aula para a culminância do Curso a formatura. Nessas aulas são abordados temas como o conceito de ambiente, biodiversidade, cadeia alimentar, fauna, flora, desmatamento e reflorestamento, tráfico de animais silvestres, crimes ambientais, importância da água, lixo, os 5 “erres” e mudança de atitude frente ao meio ambiente. 


Desde sua primeira turma formada em 30 de setembro de 2011 até o dia 17 de dezembro de 2013 o PREALG, já formou 64 turmas, formando uma Liga da Justiça Ambiental composta por 1.613 ( Um mil e Seiscentos e treze) alunos, como guardiões ambientais. 
Liga da Justiça Ambiental e seu líder o Lobo-Guará

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Formatura da Turma Onça-Preta da Escola Classe 01 de Sobradinho

ESCOLA CLASSE 01 DE SOBRADINHO TURMA ONÇA PRETA

No dia 06 de dezembro de 2013, sexta-feira às 16:30hs foi realizada, na Escola Classe 01 da cidade de Sobradinho, a formatura dos Guardiões Ambientais do PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL LOBO GUARA.
 
O Curso Guardiões foi realizado em 12 encontros com as turmas de 5º anos. Que segundo a escola foram momentos agradáveis, de aprendizado e de muita informação preciosa! Foram formados 140 novos Guardiões Ambientais. Os alunos escolheram a Onça Preta como nome de turma.
A festa foi linda! Toda a escola se preparou para o momento: enfeites, balões, convidados, fotógrafos e principalmente, além dos formandos, os pais dos alunos. É muito importante a participação dos pais nas atividades escolares, porque motiva, alegra e trás comunhão fraternal.
O ponto mais esperado foi a presença do herói Lobo Guará, porque todos estavam ansiosos para apresentar-lo aos pais. O Guardião entrou causando alvoroço entre os alunos, numa entrada triunfal; logo depois bradou junto com os alunos o juramento de Guardião Ambiental. Em seguida, os alunos receberam das mãos do Lobo Guará as carteirinhas, selando, assim, o compromisso com o meio ambiente. Depois, ouviu-se o lema e o grito de guerra “Guardiões... Da Liga Ambiental!” que estremeceram as estruturas e emocionaram os participantes do evento.
 


 

A Cabo Katilene foi homenageada com um poema, flores e uma carta confeccionada pelos estudantes.

 


   Professores e colaboradores também foram homenageados.










A formatura marcou uma nova fase na vida dos estudantes, pois os novos guardiões ambientais têm a missão de multiplicar os conhecimentos adquiridos.